FESTA DE SANTO ANTÔNIO – CASAMENTOS - BENÇÃO DE CASAIS e DESCASAMENTOS


FOI na noite do dia 13 de junho de 2005, quando faziamos mais um trabalho espiritual, que a cruz de Ankh chegou e

passou a ser o nosso símbolo. Sicronicamente, era dia de Santo Antonio, a cidade havia parado e a única fogueira acessa em homenagem ao santo era a nossa.


Importante saber que o Santo realizou coisas importantes, como: conseguiu naquele tempo que ninguém mais seria preso na masmorra por causa de dividas financeiras, e introduziu os estudos dentro dos conventos.


Diante da cidade silenciosa, cheguei a acreditar que ninguém iria ao Trabalho. Engano meu, nunca apareceram tantas pessoas. Dali em diante, essa data tornou-se especial, festejada em nosso calendário em todos os anos seguintes, com a presença cada vez maior de membros, familiares e amigos. Neste dia, especialmente em homenagem a Santo Antonio, que era um conciliador de casais, nós, Diante deste exemplo abençoamos os casais, como fazemos descasamentos e casamentos nesta mesma data.


A festa cresceu! Além de uma grande fogueira, fogos de artifício, uma bela quadrilha, incluímos o Boi Vitorioso, palhaços encantados, pernas de pau, bonecos gigante, barracas de comidas típicas, como não poderia faltar, os pãezinhos de Santo Antônio que são abençoados e distribuídos a todos. A cada ano a nossa festa fica mais bonita!


Hoje no ano de 2017 penso que a fé em santo Antonio tem sido muito importante na vida dos membros da Porta do Sol, e na minha vida especialmente, foi nesta festa que realizamos depois de onze (11) primeiros casamentos, exatamente onze (11) anos depois da primeira festa.