Porta do Sol

Centro de Estudos Xamânicos de Expansão da Consciência

Para contribuir com este projeto clique aqui

Brasil

Copyright © 2015 Porta do Sol - Centro de Estudos Xamânicos de Expansão da Consciência.

 

Todos os direitos reservados.

 

O conteúdo deste site tem seus direitos reservados e protegidos pela lei nº 9.610/88 (lei de direitos autorais). Não é permitida a modificação ou a reprodução total ou parcial por quaisquer meios sem autorização prévia e formal do Centro de Estudos Xamânicos de Expansão da Consciência Porta do Sol

A PORTA ESTÁ ABERTA, MAS NEM TODOS ENTRAM

 

 

Creio que em todos os lugares as pessoas possam entrar e posam sair.

Na Porta tem existido aqueles que entram e ficam por longo tempo, e os que saem depois de um tempo, no entanto é muito difícil sair por expulsão, por mal comportamento.

 

Acredito que a Ayahuasca transforme todas as pessoas, no entanto, existem as que resistem mais, e, mesmo querendo, não conseguem mudar de comportamento.

 

Realmente não sei como explicar mas nem por isso fecho os olhos, meu dever é proteger todas as pessoas que confiam em nós, assim estamos atentos, a tudo e a todos.

 

Dificilmente, peço a um membro (ou não membro) da Porta do Sol que se afasta da instituição. Em geral, tentamos de tudo: indicar mais um Trabalho de Intercessão, falar com o padrinho, conversar com a própria pessoa, enviar e-mails de alerta, pedir o auxílio do departamento jurídico. Quando nada disso resolve, ai sim pedimos o afastamento da pessoa.

 

Quando nada disso adianta, somos obrigados a tomar providências mais severas, chegando a pedir diretamente que a pessoa se afaste.

 

Os casos ocorreram pelas seguintes razões:

- difamação da conduta alheia;

- atitudes inadequadas diante de menores de idade,

- tais como visitar os membros sem previo aviso e consentimento do mesmo

-  abusar da confiança

-  dar conselhos em particular sem ser solicitado

- valendo-se da intimidade para abuso de confiança 

- induzir alguém ao uso de drogas;

- pedindo dinheiro emprestado e não pagando, mesmo que com prazos razoáveis.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload